Teatro

TEATRO | 19 de agosto

A Noiva do Condutor

Cia. de Teatro Boca de Adoniran
Sábado às 20h00 | Ingressos: R$20,00 inteira, R$10,00 meia e R$10,00 antecipado até o dia 18 de agosto.
Compre aqui
ou pelos telefones: 11 4003-1212
ou compareça a bilheteria do Teatro

O musical relata a história de Helena, bela filha de um pai zeloso. Ela se apaixona por Joaquim, jovem garboso que se diz advogado e bem de vida. O pai não está muito de acordo com este namoro, mas ao ver a filha tão apaixonada, consente no noivado, evitando assim que os vizinhos bisbilhotem e façam mexericos a respeito do casal. Os problemas surgem quando Helena e seu pai tomam um bonde, o principal meio de transporte coletivo da década de 30 no Rio de Janeiro. Descobrem que Joaquim é o condutor – e não o advogado de carreira ascendente que dizia ser. Helena jura nunca mais vê-lo. Joaquim tenta por todos os meios recuperar este amor, declarando que sem ela não pode viver. A história começa a caminhar para um final feliz quando chega o pai de Joaquim, um rico banqueiro. Ele explica a situação do filho, que saiu de casa após um desentendimento familiar e arrumou emprego de condutor para sobreviver. Em favor de Joaquim, explica que realmente ele estava apaixonado por Helena, com quem insistia em se casar. A reconciliação é geral. Trata-se de uma obra brejeira, engraçada, que retrata com perfeição a sociedade e os hábitos cariocas na década de 30. A montagem utiliza recursos cinematográficos de narrativa e a música ao vivo imprime ao espetáculo um clima de alegria, simplicidade e malícia inocente. Noel Rosa compôs essa opereta em 1935, quando trabalhava na Radio Club do Brasil, no Rio de Janeiro. Teve como parceiro o maestro húngaro Arnold Glückmann, também seu companheiro de trabalho. O tom sério e romântico da opereta é quebrado pela malícia da malandragem carioca da época, retratada com delicadeza e bom humor, fatores presentes em toda obra de Noel.

Direção Geral: Mussa Daniel | Direção Musical: Matheus Bonon | Músicas: Noel Rosa e Arnold Glückmann | Figurinos: Fernanda Scanavini Daniel | Iluminação: Mussa Daniel e Fernanda Scanavini | Cenário: Eduardo Castro | Elenco: Erika Ramos, Alexandre Romanelli, Kako Alencar, Evelyn Novaes, Gio Zaneratto, Marilia Daniel, Marcelo Daniel, Gustavo Lussari | Músicos: Violão: Matheus Bonon | Percuteria: Alexandre Braz | Flauta transversal, clarinete e baixo acústico: Arnaldo Landgraf