Teatro

TEATRO | 19 de Novembro

Os Sapatos que deixei pelo caminho

Circuito Cultural Paulista
Domingo às 19h00 | Classif. 16 anos | Ingressos: ENTRADA GRATUITA

Com argumento de Lourimar Vieira,  escrita por Cícero Gilmar Lopes e dirigida por Marcos Felipe, a peça Os sapatos que deixei pelo caminho leva o  espectador a fruir aventuras e desventuras de Poim, personagem central nascido no povoado de Sabiá, município de Oeiras, no Piauí. O apelido define o “mirradinho, pouquinho de gente”, vindo à luz em maio de 1964, semanas após o golpe militar que implantou a ditadura no Brasil. A dramaturgia criada em processo colaborativo tem viés biográfico. Pontua a trajetória do menino/moço/adulto em seus laços de família afrouxados pela morte do pai, seguido da migração da mãe do nordeste para o sudeste, precisamente o litoral paulista, para onde ele também rumará compondo o núcleo ao lado das irmãs. O abuso na infância, o preconceito devido à origem e à afirmação de sua sexualidade são alguns dos conteúdos expressados com recursos da performance. Múltiplos atores são o protagonista e interagem com bonecos e máscaras.

O espetáculo já foi selecionado para 12 importantes festivais de teatro e representou o Brasil no 8º Ciclo de Teatro Brasileiro que aconteceu em Arcos de Valdevez em Portugal.

Argumento: Lourimar Vieira | Texto: Cícero Gilmar Lopes | Direção: Marcos Felipe | Diretora Assistente: Sandra Modesto | Elenco: Camila Sandes, Fabiano Di Melo, Levi Tavares, Lourimar Vieira e Luiz Guilherme | Vídeos: Lucas Beda | Fotos: Sander Newton | Animação: Lucas Schlosinski | Trilha Sonora: Marcos Felipe e Sandra Modesto | Intervenção musical: Gustavo Sarzi | Locução: Theo Rangel | Bonecos: Márcia Alves | Cenário: Teatro do Kaos e Fabiano Di Melo | Cenotécnico: Fabiano de Melo e Irio Sandes | Figurino: Fausto Viana | Desenho de Luz: Pedro Augusto | Técnico de Luz: Rafael Almeida | Técnico de Som/Projeção: Alisse Ribeiro | Produção: Teatro do Kaos