Foto: Gil Olveira

O Gato de Botas

Dois Palhaços (Violeta e Amarelo) tiveram o seu circo fechado e saíram pelo mundo sem rumo. Conversam sobre tudo o que vem se perdendo, como as brincadeiras de roda, as cantigas, o costume de ir ao teatro, de ler, de ir ao circo…Violeta está desanimado, acha que não serve para mais nada e ao ouvir isso, Amarelo lembra de uma estória , na qual um gato é deixado de herança para um jovem rapaz. O jovem ao receber a herança diz: Um gato! Ora, um gato não serve para nada!Ao desenrolar a estória, percebem que com astúcia e uso da inteligência, todos podemos ter e ser o que queremos.